Republicanos garantem apoio de Trump e vão apresentar medidas severas contra vistos expirados e indocumentados

Spread the love




 

Um grupo de senadores republicanos em conjunto com o presidente Donald Trump estão preparando um plano de imigração, que busca maneiras de trocar a controvérsia construção do muro na fronteira em troca da legalização de 1.8 milhões de “sonhadores” nos EUA.

A Lei de Segurança e Sucesso será preenchida no Congresso nessa Segunda-Feira, 12 de Fevereiro, por 7 senadores republicanos tais como John Cornyn (Texas), David Perdue (Georgia), Thom Tillis (North Carolina), Tom Cotton (Arkansas), Joni Ernst (Iowa) e James Lankford (Oklahoma), liderados pelo senador Chuck Grassley, de Iowa, conforme informou o The Hill.

Nossa proposta é apoiada pelo presidente, que percorreu um longo caminho para alcançar esse compromisso. Esta é a única proposta do Senado que tem alguma chance de passar pela Câmara e tornar-se lei”, afirmou Grassley em um comunicado.

A oferta de Trump para os democratas é liberar a cidadania para cerca de 1,8 milhões de “sonhadores” e em troca, receber $25 bilhões para a construção do muro na fronteira somado com as restrições de imigração familiar, um ponto-chave para os conservadores, mas considerado como um impasse para muitos democratas.

Esse projeto proposto pelos republicanos seria o fortalecimento do sistema de verificação do status migratório para os empregadores, conhecido como E-Verify, incluindo penas severas para os indocumentados que voltaram a entrar no país depois de serem deportados, bem como um sistema para eliminar os imigrantes que ficam nos EUA com vistos expirados.

Os senadores republicanos argumentaram que esse é o único projeto que o presidente Donald Trump apoia, uma requisição na qual o líder do partido Republicano na casa dos representantes, Paul Ryan, decidiu trazer para votação.

Contudo, é esperado que a proposta controvérsia não atinja os 60 votos necessários no Senado, com senadores de ambos partidos prevendo o fracasso das negociações, porém, o tempo está acabando, o congresso têm até 5 de Março para achar uma solução para os “sonhadores” da DACA.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *